Quem foi Sócrates?

Sócrates de Atenas (filósofo)
Sócrates foi um filósofo de Atenas (Grécia), que viveu por volta dos anos 469 à 399 a.C. Ele não deixou nada escrito, o que sabemos foi por meio de pessoas com quem conviveu. Muitas de suas ideias sobreviveram porque Platão fez dele protagonista em suas obras.

De acordo com os registros, ele foi filho do escultor Sofronisco e da parteira Fenarete, casou-se com Xantipa e teve vários filhos.

Sócrates não fundou nenhuma escola, debateu filosofia em praça pública. Por conta de sua consciência crítica e gerar questionamentos aos cidadãos, foi acusado por não acreditar nos deuses e corromper os jovens.

Foi condenado à morte e aceitou sua condenação, estando coerente com seus princípios.


Sócrates e os Pré-Socráticos


Os Pre-Socráticos tinham como foco buscar o entendimentodo funcionamento da natureza. Com o passar do tempo e o desenvolvimento da vida nas cidades, da escrita, da política e da vida urbana, a preocupação, para Sócrates, torna-se o ser humano.

Sócrates procura entender os valores do ser humano, o que constituem suas crenças - o que nos faz achar uma coisa justa e outra injusta, o que nos faz achar uma coisa bela e outra feia, o que nos faz achar uma coisa correta e outra errada.

Diferente da preocupação com a natureza que tinham os filósofos pré-socráticos, Sócrates se preocupava com os problemas do homem, procurando o critério da verdade no homem.


Dialética Socrática


Construção do conhecimento para Sócrates:
Dialética: Tese > Antítese > Síntese.
(Afirmação > Oposição > Resultado do embate por meio do raciocínio)


Maiêutica e ignorância


Para Sócrates, o ignorante é o que supõe saber tudo, o sábio sabe que nada sabe. Buscar a sabedoria, desmascarar a ignorância dos falsos sábios provoca rancor. A consciência da própria ignorância já é um saber. Sábio é aquele que admite não saber.

Quanto mais sabe que não sabe, mais sábio é o homem. E os que pensam que sabem e não sabem que não sabem, seriam os mais tolos. Sábio é o homem capaz de perceber seus limites e imperfeições, compreender as ilusões das aparências, a efemeridade das paixões e com a razão, controlar-se.

O filósofo formulava perguntas ao seu interlocutor fingindo-se totalmente ignorante sobre o tema fazendo uma série de perguntas aparentemente ingênuas, com intuito de envolver a pessoa em contradições.

A Maiêutica (significa parto) é um método de investigação de Sócrates, onde ele não fornecia as respostas, estimulado o interlocutor com perguntas para que ele descobrisse a verdade por si próprio.

Para Sócrates, o filósofo ajuda a trazer a luz da verdade por meio da razão.


Filosofia de Sócrates


Para Sócrates, a filosofia não ensina a verdade, mas ajuda o indivíduo a descobri-la sozinho. Não oferece soluções, mas um método para raciocinar a partir de si mesmo.

O objetivo da filosofia é o aperfeiçoamento do sujeito e para aperfeiçoar em alguma coisa é preciso conhecê-la. Filosofar significa conhecer a si mesmo.

Sócrates comparava o trabalho do filósofo com o de uma parteira, onde a tarefa do sábio não era proclamar verdades, mas favorecer o nascimento da verdade na alma do interlocutor.

O ato de pensar pode gerar tanto o verdadeiro como também o falso. Para encontrar a verdade é preciso busca-la.

Tirinha Sócrates


Vídeo sobre Sócrates



Sócrates foi um filósofo ateniense do período clássico da Grécia Antiga. Creditado como um dos fundadores da filosofia ocidental, é até hoje uma figura enigmática, conhecida principalmente através dos relatos em obras de escritores que viveram mais tarde, especialmente dois de seus alunos, Platão e Xenofonte, bem como as peças teatrais de seu contemporâneo Aristófanes. Muitos defendem que os diálogos de Platão seriam o relato mais abrangente de Sócrates a ter perdurado da Antiguidade aos dias de hoje.
Quem foi Sócrates? Quem foi Sócrates? Revisado by Trilhando Autonomia em 16:24:00 Avaliação: 5
Tecnologia do Blogger.