A verdadeira liberdade

A verdadeira liberdade - Osho

Eu sou um anarquista de uma categoria totalmente diferente daquela de todos os anarquistas que já existiram sobre a face da terra. Sou uma categoria composta de mim mesmo, pois o meu enfoque é completamente diferente.

Não sou contra o governo, sou contra a necessidade de governo. Não sou contra os tribunais, sou contra a necessidade de tribunais.

Algum dia, em alguma época, vejo a necessidade de o homem ser capaz de viver sem nenhum controle - religioso ou político - pois ele será uma disciplina em si mesmo.

Existem muitos tipos de liberdade - a social, a política, a econômica -, mas elas são apenas superficiais. A verdadeira liberdade tem uma dimensão totalmente diferente. Ela não diz respeito ao mundo exterior, nada disso; ela emerge da nossa interioridade.

Trata-se da liberdade com relação ao condicionamento, a todos os tipos de condicionamento, às ideologias religiosas, às filosofias políticas. Todos eles têm sido impostos por outras pessoas sobre você, têm agrilhoado você, acorrentado você, aprisionado você, têm feito de você espiritualmente um escravo.

A meditação nada mais é do que destruir todos esses grilhões, condicionamentos, a destruição de todas as prisões, de modo que você possa ficar novamente sob o céu, sob as estrelas, ao ar livre, disponível para a existência.

"Se você é capaz de ser feliz quando está sozinho,
você aprendeu o segredo da felicidade."

Por Rajneesh Osho, líder religioso de uma seita de tradições dármicas.
A verdadeira liberdade A verdadeira liberdade Revisado by Trilhando Autonomia em 14:54:00 Avaliação: 5
Tecnologia do Blogger.