Entendendo a ansiedade


Ansiedade é um estado de medo ou apreensão causado por uma preocupação excessiva com algo que não aconteceu e que pode ou não acontecer.

Ela pode ter diversas causas e se relacionar com distintas questões, dependendo da experiência de cada pessoa. Se torna desagradável quando impede que a pessoa se sinta bem consigo mesma e com os outros.

Nos sentimos ansiosos pelo medo de que algo de ruim poderá acontecer ou por pensar que algo não vai dar certo, de modo que ficamos receosos com relação ao futuro. Nosso grande medo é de nos sentir mal ou não suportar a possibilidade de nosso futuro não ser como esperávamos ser, por não nos sentir preparados para lidar com situações que a vida nos apresenta.

Não há como nos sentir preparados para a vida, na realidade ninguém nunca está preparado. Mesmo quando nos dispomos a vivenciar situações inesperadas, não significa que estaremos preparados para o que for acontecer, pois não há como saber o que vai acontecer. Nos sentimos ansiosos pelo medo exagerado do que pode acontecer, e isso nos afeta quando passamos a evitar situações ou experiências por conta dele.

Quando experimentamos uma situação inesperada e muito desagradável, podemos sentir grande desconforto ou sofrimento psíquico. Por não querer passar novamente por essa sensação, ficamos mais atentos em evitar momentos e situações que possam nos fazer sentir esse desconforto novamente.

Para nos sentir bem em nosso dia a dia, preferimos nos distanciar de sensações desagradáveis, o que nos faz evitar situações que pensamos que podem nos gerar desconforto. Se evitamos essas experiências, vamos ficando com menor disposição para lidar com novas experiências, o que dificulta nos sentir dispostos para enfrentá-las no futuro.

O fato é que não há como se preparar para algo que ainda não aconteceu, ou prever como vamos nos sentir quando algo inesperado acontecer, não temos como prever se uma escolha que fizermos vai dar certo ou não, o que podemos fazer é nos dispor a vivenciar. O futuro não chegou ainda, o que temos é o presente, e é no presente que vivemos.

Para nos sentir dispostos, precisamos experimentar situações, sejam elas agradáveis ou não. Enquanto nos fechamos por medo do que poderemos sentir, não adquirimos resistência para lidar com certas situações e nos tornamos mais frágeis. Se nos ocupamos em demasiado com o que poderá acontecer, deixamos de viver o que está acontecendo no momento presente.

Viver é também enfrentar problemas, conviver é também enfrentar conflitos, nem tudo na vida são flores, mas se evitamos as dores não desenvolveremos elementos básicos para lidar com elas. Se começamos a enfrentar dificuldades menores, vamos nos sentindo capazes de enfrentar as maiores. Nossas experiências difíceis aos poucos se tornam aprendizado para nossa vida.

Não há como deixar de sentir ansiedade, mas conforme vamos compreendendo como é a ansiedade que sentimos, podemos lidar com as questões com as quais ela está relacionada, e aos poucos vamos nos sentindo melhor. Fazer terapia pode também auxiliar na compreensão da ansiedade que sentimos, diminuir o desconforto gerado por ela e encontrar meios para agir sobre ela.


Por Bruno Carrasco, psicoterapeuta que atua em favor da valorização de cada pessoa em sua singularidade, lidando com suas dificuldades e ampliando suas possibilidades de ser.

Entendendo a ansiedade Entendendo a ansiedade Revisado by Trilhando Autonomia em 18:56:00 Avaliação: 5
Conhecendo a Psicologia (ebook):
Entenda a Psicologia, sua história, suas principais teorias e aplicações, num ebook que apresenta de maneira didática e fácil. >Ver Mais!

Arte como Terapia (ebook):
Saiba como utilizar a arte para reduzir o estresse e a ansiedade, estimulando nossa percepção para uma vida mais leve e criativa! >Ver Mais!

Jornada do Autoconhecimento (ebook):
Atividades práticas e reflexivas para se conhecer mais profundamente, entenda melhor suas escolhas e o sentido da sua vida! >Ver Mais!

Tecnologia do Blogger.