Relacionamentos e expectativas


Geralmente nos interessamos por outras pessoas quando nos identificamos com seus modos de ser ou quando percebemos algo nelas que gostaríamos de desenvolver em nós.

Quando nos aproximamos de uma pessoa, nos interessamos por modos de ser dela que nos agradam. Quando encontramos novamente com essa pessoa, esperamos que ela se comporte tal como se apresentou num momento anterior, pois gostamos que ela repita seus modos de ser que nos agradaram anteriormente.

Porém, as pessoas são diferentes entre si, e se transformam com o passar do tempo, enquanto que nossas expectativas algumas vezes continuam as mesmas. Quando nossas expectativas não são correspondidas, nos sentimos tristes e incomodados, em alguns momentos até culpamos o outro por não por não ser como esperávamos que fosse.

Conforme nos aproximamos das pessoas as diferenças se acentuam. O conflito é uma condição para qualquer relacionamento, pois somos diferentes e as diferenças geram conflitos, porém cada pessoa tem o direito de ser como é. Quando esperamos que a pessoa corresponda com as nossas expectativas dificultamos o relacionamento.

Cada pessoa possui sua história de vida, seus sentimentos e necessidades. É preciso muita abertura e disposição para compreender e respeitar as características de cada pessoa. A liberdade e o respeito são necessários para qualquer relacionamento.

Para compreender o outro é útil nos distanciarmos um pouco de nós mesmos, do que julgamos que o outro seja e do que esperamos que o outro seja. Deixando de lado nossas expectativas sobre a outra pessoa e permitindo que ela se mostre como é, e como quiser ser.

Quando nos abrimos para o contato com o outro, passamos a perceber melhor também a nós mesmos. Os conflitos que atravessamos são oportunidades para nos desenvolver e ampliar nossa percepção sobre a vida, conhecendo outros caminhos e possibilidades.

É por meio da resolução dos conflitos que compreendemos melhor as diferenças entre cada pessoa, respeitando suas singularidades, permitindo assim estabelecer uma relação mais autêntica e compreensiva com o outro.

A partir do momento em que buscamos compreender o outro dentro de sua realidade, evitando julgamentos e interpretações prévias, nos permitimos conhecer como ele realmente é, não como pensamos ou esperamos que ele seja.

"Gostar da pessoa pelo que ela é, deixando de lado as expectativas do que quero que ela seja, deixando de lado meu desejo de adaptá-la às minhas necessidades, é uma maneira muito mais difícil, porém mais enriquecedora de viver uma relação íntima satisfatória."
(Carl Rogers)

Texto por Bruno Carrasco, psicoterapeuta que valoriza de cada pessoa em seu modo de ser singular, colaborando para lidar com suas dificuldades e ampliar suas possibilidades de ser.
Relacionamentos e expectativas Relacionamentos e expectativas Revisado by Trilhando Autonomia em 22:51:00 Avaliação: 5
Tecnologia do Blogger.