O que é a Violência Psicológica?


Violência é qualquer ato ou comportamento que por meio de força física, intimidação, ofensa ou constrangimento cause dano a outra pessoa.

A violência psicológica, por ser mais subjetiva torna-se mais difícil de se perceber, descrever ou avaliar até por quem é agredido, por muitas vezes não compreender o seu próprio sofrimento.

Este tipo de violência nem sempre provoca dor física, mas para quem vivencia sentimentos de humilhação, estresse e sofrimento psíquico, pode gerar desagradáveis consequências futuras.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, a violência psicológica é definida como qualquer conduta que cause dano emocional, diminuição da autoestima ou que vise degradar ou controlar suas ações, comportamentos, crenças e decisões, seja por meio de ameaça, constrangimento, humilhação, manipulação, isolamento, vigilância, perseguição, insulto, chantagem, ridicularização, exploração, limitação do direito de ir e vir ou qualquer outro meio que cause prejuízo à saúde psicológica.

Comportamentos que desrespeitam a autonomia, a integridade física e psicológica de uma pessoa, podem ser formas de violência psicológica, se caracterizando pela ação impaciente, que o agressor faz com que a pessoa se sinta ofendida, acuada e insegura, ao invés de tentar o diálogo.

Uma pessoa que foi criada num ambiente emocionalmente violento pode também desenvolver um comportamento violento. Pode ser que não reconheça claramente o abuso que sofreu e confunda controle com cuidado, encarando sua atitude dominadora ou invasiva como adequada, necessária ou até como uma demonstração de afeto.

A violência psicológica pode acontecer por meio de ofensas e xingamentos; menosprezo, quando a pessoa coloca você sempre num patamar abaixo dela, fazendo você parecer inútil; condenação, quando diz que você está sempre errado e não consegue fazer nada direito; possessividade, quando a pessoa controla seu dia, sua aparência, suas prioridades; acusação, quando a pessoa o acusa de algo que você não fez; extorsão, quando o agressor usa de um segredo seu para aumentar seu controle; isolamento, quando impede seu contato com amigos, familiares e colegas; ameaças de abandono, tortura psíquica ou agressão.

Além desses, existem outros comportamentos mais passivos, tais como a culpa, quando o agressor tenta fazer você se sentir mal por algo que está fora de seu controle; a desaprovação, quando diz sempre que você não é bom o suficiente como você é, e provavelmente nunca será bom o suficiente; fofoca, quando se fala negativamente ou com pena de você pelas suas costas para pessoas te respeitam; sabotagem, quando se recusa a ajudar ou te atrapalha em suas realizações; imposição, quando sempre diz o que você deve e não deve fazer, ou quando o ignora como punição por fazer, dizer, ou até mesmo pensar em ser algo que desaprova.

Pessoas que sofrem violência psicológica podem se tornar também violentas ou procurar se afastar da convivência social como uma meio de fuga. A terapia pode auxiliar quando o sofrimento psicológico for intenso ou quando a pessoa fica a relembrar sempre do que passou, atrapalhando viver satisfatoriamente a sua vida.


Conheça mais sobre a Psicologia, acesse o ebook "Conhecendo a Psicologia", que apresenta a psicologia de maneira didática e de fácil compreensão, seus fundamentos, suas principais abordagens e aplicações práticas.
O que é a Violência Psicológica? O que é a Violência Psicológica? Revisado by Trilhando Autonomia em 20:18:00 Avaliação: 5
Conhecendo a Psicologia (ebook):
Entenda a Psicologia, sua história, suas principais teorias e aplicações, num ebook que apresenta de maneira didática e fácil. >Ver Mais!

Arte como Terapia (ebook):
Saiba como utilizar a arte para reduzir o estresse e a ansiedade, estimulando nossa percepção para uma vida mais leve e criativa! >Ver Mais!

Jornada do Autoconhecimento (ebook):
Atividades práticas e reflexivas para se conhecer mais profundamente, entenda melhor suas escolhas e o sentido da sua vida! >Ver Mais!

Tecnologia do Blogger.