O pior inimigo que podes encontrar

Friedrich Nietzsche por Maximilien Le Roy

O pior inimigo, todavia, que podes encontrar, és tu mesmo;
lança-te a ti próprio nas cavernas e nos bosques.

Solitário, tu segues o caminho que te conduz a ti mesmo!
E o teu caminho passa por diante de ti e dos teus sete demônios.

Serás herege para ti mesmo, serás feiticeiro, adivinho, doido, incrédulo, ímpio e malvado.

É mister que queiras consumir-te na tua própria chama.
Como quererias renovar-te sem primeiro te reduzires a cinzas?

Solitário, tu segues o caminho do criador: queres tirar um deus dos teus sete demônios!

Solitário, tu segues o caminho do amante:
amas-te a ti mesmo, e por isso te desprezas, como só desprezam os amantes.

O amante quer criar porque despreza!
Que saberia do amor aquele que não devesse menosprezar justamente o que amava?

Vai-te para o isolamento, meu irmão, com o teu amor e com a tua criação,
e tarde será que a justiça te siga claudicando.

Vai-te para o isolamento com as minhas lágrimas, meu irmão.
Eu amo o que quer criar qualquer coisa superior a si mesmo e dessa arte sucumbe.


Por Friedrich Nietzsche (1844-1900), filósofo alemão.
Em Do caminho do criador, "Assim Falava Zaratustra", 2002.
O pior inimigo que podes encontrar O pior inimigo que podes encontrar Revisado by Trilhando Autonomia em 17:49:00 Avaliação: 5
Tecnologia do Blogger.