Direitos dos jovens

Direitos dos Jovens

Todos os jovens tem direitos, de acordo com a declaração dos Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas, que devem ser protegidos em cada país. A presente declaração dos direitos da juventude tem como objetivo fazer com que todos saibam de suas potencialidades e possibilidades enquanto ser jovem.

Direito a identidade como jovem:
A juventude tem o direito de ser considerada como um grupo específico, com seus valores próprios como fazendo parte da sociedade.

Direito a autonomia:
O jovem tem o direito de se apropriar e utilizar os meios de desenvolvimento e de exercer suas escolhas e se responsabilizar por elas.

Direito de amar:
O jovem tem o direito de escolher seus amigos e seus amores independente de classe, sexo, raça, religião, orientação política.

Direito de ser amado:
O jovem tem o direito de ser respeitado, compreendido e de ser amado por sua família.

O direito de ser escutado:
O jovem tem o direito de expressar-se livremente, de ser escutado e considerado, ainda se sua opinião se difere das ditas pelos adultos.

O direito de ser informado:
O jovem tem o direito de receber uma informação objetiva com relação às atividades que está a fazer e aos locais onde frequenta.

O direito da participação:
O jovem tem o direito de criar atividades, de participar nelas e de comprometer-se livremente com elas em sua escola ou em seu bairro.

O direito a vida escolar:
O jovem tem direito a uma vida escolar estável e progressiva, em horário equilibrado que lhe permita tempos livres necessários para outras atividades.

O direito a oportunidades iguais:
O jovem tem direito a uma educação não seletiva e não competitiva.

O direito ao trabalho:
O jovem tem direito a um trabalho conforme com as suas capacidades e suas aspirações.

O direito a inexperiência:
O jovem tem o direito de iniciar um trabalho sem experiência anterior.

O direito ao erro:
O jovem tem o direito de cometer erros e de aprender com os mesmos.

O direito de uso do tempo livre:
O jovem tem o direito de dedicar-se aos diversos hobbies que se interessar em seu tempo livre.

O direito a consideração moral:
O jovem tem direito a serviços que não sejam discriminatórios em lugares públicos.

O direito a consideração jurídica:
O jovem tem o direito de participar na elaboração das leis que lhe referem e de ser respeitado pelas forças da lei.

O direito a proteção:
O jovem tem o direito de ser protegido contra todo tipo de manipulação: publicidade, doutrinamento, experimentações diversas, ideológica, partidária ou religiosa.

O direito aos valores espirituais:
O jovem tem o direito de escolher, de viver e expressar seus valores espirituais livremente, independente de qual for sua escolha.
Direitos dos jovens Direitos dos jovens Revisado by Trilhando Autonomia em 11:38:00 Avaliação: 5
Conhecendo a Psicologia (ebook):
Entenda a Psicologia, sua história, suas principais teorias e aplicações, num ebook que apresenta de maneira didática e fácil. >Ver Mais!

Arte como Terapia (ebook):
Saiba como utilizar a arte para reduzir o estresse e a ansiedade, estimulando nossa percepção para uma vida mais leve e criativa! >Ver Mais!

Jornada do Autoconhecimento (ebook):
Atividades práticas e reflexivas para se conhecer mais profundamente, entenda melhor suas escolhas e o sentido da sua vida! >Ver Mais!

Tecnologia do Blogger.